O coronel Raid Kador, comandante das tropas de Israel, que vão dar apoio nas buscas em Brumadinho, na região Metropolitana de Belo Horizonte, chegou ao Comitê de Crise do município, no início da tarde deste domingo (27), e afirmou que a troca de experiências no trabalho humanitário integrado entre os oficiais será de suma importância no trabalho de resgate às vítimas da tragédia.

“As relações entre Brasil e Israel são muito importantes para os dois lados, lembrando que a missão humanitária é muito interessante para o país. Israel sempre oferece a todos ajuda humanitária quando precisam. Nessa situação é importante a troca de experiência profissional entre agencias civis e humanitárias com as forças armadas israelenses”, disse o militar de Israel em entrevista para a TV da Polícia Militar.

Ainda na noite desde domingo, 136 militares desembarcam no Aeroporto Internacional de Confins, na Grande BH. O governador do Estado, Romeu Zema, acompanhado pelo secretário de Segurança Pública, General Mário Araújo, receberá, às 21h30, as 30 mulheres e 106 homens que ajudarão no salvamento dos atingidos. Na capital mineira serão discutidas as propostas de ação.

Na segunda-feira (28) pela manhã, os especialistas em salvamento em tragédias vão fazer o reconhecimento da área atingida, planejar as capacidades para instalações dos equipamentos do exército israelense e dar início aos trabalhos. A missão contará com cães farejadores e 16 toneladas de equipamentos, incluindo radares terrestres.

A missão será chefiada pelo embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley. A previsão é de que os trabalhos durem uma semana.

Fonte: Hoje em dia(MG). Imagem: PM/Divulgação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.