Durante a sessão desta quarta-feira (13), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Angelo Coronel (PSD), falou a respeito da investigação da Polícia Federal sobre o deputado estadual Marcelo Nilo (PSL) e sua relação com a empresa Bahia Pesquisa e Estatística LTDA (Babesp).

Coronel sugeriu alteração na lei, para que haja punição para quem fizer acusações sem fundamentos legais. O deputado Marcelo Nilo reafirmou que não tem nenhuma acusação contra ele e que ele apenas está sendo investigado. Segundo o parlamentar, a Polícia Federal revistou toda sua casa e não encontrou um documento que comprove nenhuma das acusações. A PF levou o celular e o computador do deputado.

 

Fonte: Política Livre

Leave a Reply

Your email address will not be published.