O prefeito de Itororó Adauto Almeida irá a Salvador ainda essa semana para amenizar a situação em que está à relação da empresa de calçados Lia Line e o Sindicato da categoria. Adauto deverá se reunir com Irivan Soares, proprietário da Lia Line e com o deputado estadual Rosemberg Pinto.

Na última semana um incidente em que o Sindicato realizou manifestações na porta da fábrica em Itororó promovendo a eleição da CIPA – Companhia de Prevenção de Acidente que acabou elegendo com 203 votos Marcone de São José do Colônia  para representante do órgão dentro da fábrica acabou trazendo desconforto entre as duas partes, após, funcionários da empresa afirmarem que representantes do Sindicato utilizaram palavras de baixo calão ao se referirem a direção da fábrica durante os discursos. Coincidência ou não, o fato é que, após o caso a empresa então suspendeu a contratação de cerca de 150 funcionários que já estavam sendo selecionados através de currículo para participarem de treinamento que possibilitaria que trabalhassem na fábrica.

Por outro lado o Sindicato informou que a fábrica tentou inviabilizar a candidatura de Marcone ao cargo da CIPA e que vem tentando manter um diálogo com a fábrica para tratar de assunto em favor do aumento de salário e da liberação de benefício de cesta básica ou refeitório por parte da empresa destinada aos funcionários.

Todo esse impasse gerou preocupação na população da região, pois, começou a serem veiculadas algumas notícias de que a fábrica já estaria se instalando em outro estado e naturalmente os trabalhadores questionaram a veracidade dessas informações. Pelo que o Blog Itororó Já apurou, estão em estágio de instalação novos empreendimentos da Lia Line no estado de Sergipe, só não se sabe ainda até que ponto isso poderia interferir no funcionamento dos galpões na Bahia.

 

Informações do Blog Itororó Já

Leave a Reply

Your email address will not be published.