Juá da Bahia, lançou mais um disco voltado para as tradições juninas, ou seja, forró da mais alta qualidade. Cantor e compositor,  o artista baiano de Itapetinga, começou em igrejas no seu início de carreira, lá pelos anos 70, desde então construiu sua carreira na música lançando, na sua maioria, discos autorais . Passeia com muita propriedade pela MPB e pelo mais autêntico pé-de-serra. Nos últimos anos, tem lançado discos de covers da MPB, Jovem Guarda, além dos dedicados ao forró nordestino.

O CD intitulado “Amar, Amar” foi lançado originalmente em 2013, é um álbum duplo com participações de amigos cantadores. No disco, que chamarei de nº1, todas as composições são de Juá. O disco abre com a música que dá nome ao álbum e como o próprio título diz: fala de amor, de esperança, de reconquista e de entrega a uma paixão, sem avaliar o preço a pagar. A primeira participação é de Targino Gondim, no xote “Vem Mais Eu“. Para a música “Folia Nordestina“, o convidado foi Ari PB da banda Cacau Com Leite. O seu filho André Sertão, divide os vocais em “Teu Passado Não Importa“.

Foto – (Facebook).

O forró ritmado de “Terra Forte“, em homenagem aos vaqueiros, tem a participação de Edgar Mão Branca, e fechando participação no disco 1, tem Netinho do Forró em “Valeu Boi“.

No disco nº 2 (Forró Pé de Serra), Juá chamou Adelmário Coelho para “Dona do Meu Coração“. Já em “Dê Noticias Tuas“, o cearense de Juazeiro do Norte, Santanna “O cantador”mostra sua voz marcante. O xote arretado de bom de “Amor e Saudade” teve como parceiro Kokó do Lordão (banda baile muito famosa no interior da Bahia). “Flor de Espera” tem a participação do artista conquistense Nagib Barroso. Outro sucesso de Juá, “Pense Nisso” recebeu os vocais de Perilo Assis (Banda Leva – de Itapetinga). O baiano de Ubaíra, Gilton Della Cella completa a lista de convidados especiais de Juá da Bahia, e convida todo mundo para balançar “No Compasso do Baião“.

Esse é aquele disco que faz a alegria de qualquer festa nordestina, seja pelas letras, onde estão presentes os relacionamentos tanto de amor quanto de amizade, amor pela terra e suas tradições ou pelos elementos rítmicos incorporados em cada música.

O álbum duplo tem 30 canções, sendo vinte e seis autorais e quatro dos artistas Carlos Villela (Vaqueiro Violeiro),  W. Coutinho e Cleiton Araújo (Flor de Espera), Edigar Mão Branca (Puro Mel) e Targino Gondim (Pra Se Aninhar).

Ouça o Disco 1

Ouça o Disco 2

 

Fonte: Non Stop Music(https://carlossmaciel.blogspot.com.br/).

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.