Um político realmente novo e diferente foi o que se revelou na convenção partidária envolvendo os partidos PSD, PT e PL realizada no último sábado (05), na Câmara de Vereadores de Itarantim. Fábio Gusmão, presidente do PSD e pré-candidato a prefeito no município, abriu o coração em um discurso político, sincero e humano. Motivado, diga-se de passagem, pelas agressões pessoas que vem sofrendo de seus adversários políticos.

Tendo morado por 26 anos em Salvador, Fábio Gusmão, desfilou no bloco Afoxé Filhos de Gandhy, um dos mais tradicionais do carnaval da capital baiana. Uma foto sua trajando abadá do bloco, foi extraída de seu perfil pessoal no Facebook e atribuída, de forma preconceituosa, à religião afro-brasileira do Candomblé. O que por si, já demonstra uma completa falta de respeito e intolerância religiosa de seus adversários.

Em seu discurso, Fábio Gusmão, que é católico, criado sob os princípios fundamentais do cristianismo, declarou não ter nada contra qualquer religião, e que já foi em centro espírita, barracão, igreja evangélica, católica, e completou: “O que importa é a pessoa fazer o bem. Tem muito católico fazendo o mal, tem muito evangélico fazendo o mal, tem muito espírita fazendo o mal.” disse, Gusmão, demonstrando respeito a todas as religiões e atribuindo valor maior à prática do bem, independente da religião que a pessoa pratique.

A adesão a uma determinada religião é um direito e uma escolha pessoal de cada cidadão. Se a religião escolhida elevar o ser humano à prática do bem, terá cumprido seu papel espiritual e provocando ainda um importante ganho social. Afinal, é após sair do seu culto religioso que cada fiel põe em prática, na sociedade, o bem que seu Deus o inspira fazer.

Fábio revolucionou ainda ao tratar sobre empregos na prefeitura municipal. Declarando que não iria “dar” emprego apenas por ter tido o voto ou apoio do eleitor, mas que trabalharia com ele pessoas técnicas, capacitadas para cumprir com as atribuições do cargo que venham a ocupar: “Não posso pegar um marceneiro e colocar pra cuidar de estradas”, disse, demonstrando total compromisso com a receita e recursos do município. Comprometido em não fazer uso de promessas inviáveis para obter apoio ou votos. Como têm feito seus adversários, que chegam a prometer o mesmo emprego para mais de uma pessoa. Numa desesperada tentativa de, a todo custo, vencer as eleições: mentindo, fazendo acordos inviáveis para o município, prometendo centenas de empregos e tentando denegrir a imagem de Fábio Gusmão.

O discurso transparente e sincero do candidato dividiu opiniões nas redes sociais. De um lado, seus adversários políticos, recortaram pequenos trechos de sua fala e tentaram, de forma frustrada, distorcer o contexto de seu pronunciamento. Do outro, seus apoiadores e futuros eleitores, o defenderam e o aplaudiram pela sinceridade com a qual ele tratou cada questão. Principalmente a responsabilidade que demonstrou para com os recursos públicos ao falar de sua preocupação em não “inchar a folha” dos servidores como fez o atual gestor. Que ultrapassou o limite máximo permitido de 54% de gasto com o pessoal. O que o impediu, inclusive, mediante decisão judicial, de homologar o resultado do concurso público que ele tentou realizar.

Contudo, o que esperar de um político diferente, que fala com clareza e sinceridade para sua população? Que tem pulso e coragem de fazer declarações verdadeiras para um povo que sempre ouviu falsas promessas de políticos inescrupulosos que enxergam a prefeitura de Itarantim como uma salvação para suas finanças e meio de enriquecimento ilícito?
Estaria Itarantim gerando um líder capaz de liderar uma revolução cultural na política local? Onde ao invés de mentir e enganar para ser eleito, fala a verdade e confia na compreensão e honestidade de sua população?

No dia 15 de novembro, a população itarantiense dará o veredito. Vencerá a velha política da mentira, da enganação, das promessas inviáveis, dos acordos que sugam nossos recursos, da difamação moral e pessoal? Ou vencerá a proposta de uma política nova, com um líder que se dirige com clareza e sinceridade à sua população?

O tempo mostrará o desfecho dessa nova realidade política de Itarantim. Onde sua população tem, pela primeira vez em sua história, um político que fala a verdade para seu eleitor e se compromete, antecipadamente, com o bem-gerir dos recursos públicos.

 

 

Por: Pastor Péricles Leão
Graduado em Teologia Escatologia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.