O município de Ilhéus corre o risco de perder a Avatim. A empresa,  especializada no mercado de aromatizante, mantém uma fábrica às margens na BR-415, no trecho que liga Ilhéus a Itabuna, mas ações do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) determinam a demolição de parte do empreendimento, sob a alegação de que a construção ocupa uma área de preservação ambiental.

A direção da empresa já busca novas alternativas para a transferência da fábrica. Um convite oficial do município de Brusque, em Santa Catarina, surge como opção mais atrativa no momento.

Na Câmara de Vereadores de Ilhéus, foi dada entrada, nesta segunda-feira, dia 30, de um requiremento, com cópia ao Governo da Bahia e Prefeitura Municipal de Ilhéus, solicitando a imediata suspensão de qualquer sanção que haja por parte do Inema contra a Avatim. O autor do requerimento é o vereador Pr. Matos.

Nascida no município de Ilhéus, a Avatim se destaca no cenário nacional com lojas espalhadas por 22 estados. Apenas em Ilhéus, a empresa gera mais de 200 empregos diretos, além de desenvolver um importante trabalho social em seu entorno.

Em 2015, a Avatim recebeu o prêmio de LIDE de Empresa Empreendedora do Ano, pelo Grupo de Líderes Empresariais e foi finalista do Prêmio EY, na categoria Emerging, levando o nome de Ilhéus e da região para o centro do mercado empreendedor brasileiro.

 

Fonte: O Tabuleiro

Leave a Reply

Your email address will not be published.