O Laboratório Central de Saúde Pública descartou na última segunda-feira (3) o único caso suspeito de febre amarela em Feira de Santana, a 108 km de Salvador. A paciente era uma mulher que tinha viajado por vários lugares que são considerados em área de risco.

O município já tem dois casos confirmados de febre amarela em macacos, na região do Corredor dos Araçás e outro na localidade do Papagaio. No início desta semana, a Secretaria Municipal de Saúde começou a vacinação em massa na população. O Ministério da Saúde deve enviar 350 mil doses extras do imunizante para o município.

Já Biritinga, a 204 km de Salvador, teve o seu primeiro caso de febre amarela em macacos confirmado também na última segunda. O animal foi encontrado morto na zona rural do município, na localidade de Barro Branco, há cerca de quinze dias, segundo informa em nota a Prefeitura Municipal.

O Laboratório Central de Saúde Pública descartou na última segunda-feira (3) o único caso suspeito de febre amarela em Feira de Santana, a 108 km de Salvador. A paciente era uma mulher que tinha viajado por vários lugares que são considerados em área de risco.

O município já tem dois casos confirmados de febre amarela em macacos, na região do Corredor dos Araçás e outro na localidade do Papagaio. No início desta semana, a Secretaria Municipal de Saúde começou a vacinação em massa na população. O Ministério da Saúde deve enviar 350 mil doses extras do imunizante para o município.

Já Biritinga, a 204 km de Salvador, teve o seu primeiro caso de febre amarela em macacos confirmado também na última segunda. O animal foi encontrado morto na zona rural do município, na localidade de Barro Branco, há cerca de quinze dias, segundo informa em nota a Prefeitura Municipal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.