Esposa do marqueteiro João Santana, a publicitária Mônica Moura declarou, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que mais da metade do valor cobrado em 2006 para a campanha à reeleição do ex-presidente Lula (PT) foi recebida por meio de caixa 2, de acordo com O Globo.

“A decisão era absolutamente deles [PT], de receber por caixa 2. Para mim, [pagamento oficial] era menos risco, mais tranquilo, não tinha que carregar mala de dinheiro para lugar nenhum”, disse a publicitária, que depôs na ação em que Lula é acusado de receber vantagens indevidas da Odebrecht com reformas no sítio de Atibaia (SP).

Segundo a publicitária, a campanha custou aproximadamente R$ 18 milhões, dos quais somente R$ 8 milhões foram pagos pelo caixa oficial. A mulher de João Santana afirmou ainda que o marido chegou a conversar com o ex-ministro Antonio Palocci sobre os riscos envolvidos na operação.

Ouça o depoimento ao juiz Sérgio Moro:

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.