Tenho visto mulheres se tornando mães cada vez mais jovens, crianças sendo geradas sem  responsabilidade e trazidas ao mundo sem nenhuma perspectiva de um futuro digno e decente.

O que me levou a refletir e a escrever sobre o tema foi a grande procura por ajuda de mulheres sempre muito jovens com  um número significativo de filhos e sem  condições financeiras de alimentá-los.

Cito como exemplo um caso recente de uma jovem de 22 anos de idade com quatro filhos e grávida do quinto, que por motivos desconhecidos não foi aprovada no cadastro do programa Bolsa Família e procurou em total desespero por ajuda no programa na Boca do povo Especial de Sábado na emissora de rádio em que trabalho.

A jovem mãe se encontrava com cinco parcelas do Minha Casa Minha Vida em atraso. Após providenciar o pagamento das parcelas, conseguirmos os medicamentos e alimentos necessários. Observei as crianças trazidas com ela.

Crianças com um, dois, três e quatro anos(respectivamente) teriam que andar  e percorrer longas distâncias pois o colo a que teriam direito já  estava ocupado carregando outro ser inocente que em breve virá a um mundo de futuro incerto.

Ao questionar sobre o por quê de uma nova gestação, ouço sempre a mesma frase que parece estar pronta que “Deus Proverá” que “Filhos são presentes de Deus”. Realmente! Filhos são presentes de Deus e como presentes deveriam ser gerados, cuidados, criados e mantidos com responsabilidade.

Deixo claro que sou totalmente contra o aborto, assim como sou contra os maus tratos, o abandono à falta de planejamento familiar. Filhos devem ser planejados, esperados, recebidos  com responsabilidade. Não se deve atribuir a responsabilidade de uma nova gestação ao simples acaso. Somos eternamente responsáveis pelos seres que geramos.

Em um mundo globalizado, totalmente informatizado onde o acesso as informações e aos métodos contraceptivos está cada vez mais facilitado é totalmente inaceitável dizer que uma  gravidez aconteceu por acidente.

Não deverão gerar filhos quem não quer dar-se ao trabalho de criá-los e educá-los.

 

Por Bonny Cordeiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.