O Bahia deu o ‘troco’ no Vitória, na tarde deste último domingo (1ª/3) e venceu o segundo clássico Ba-Vi de 2020. Depois de perder para o arquirrival, na Fonte Nova (2×0), em partida válida pela Copa do Nordeste, o Tricolor de Aço não tomou conhecimento e, em duelo do Campeonato Baiano, venceu por 2×1 o rubro-negro, em pleno Barradão.

Arthur Rezende foi o grande herói do clássico. Isto porque, do pé direito do meia saiu o belo gol de falta que decidiu o Ba-Vi aos 49 minutos do 2º tempo no Barradão, no último lance da partida. Antes, o zagueiro Anderson abriu o placar para o Bahia e Eron empatou para o Vitória. Tudo na etapa final. O resultado isola o tricolor na liderança do estadual, com 14 pontos. O rubro-negro continua com 11, em segundo.

Curiosamente, apesar da decisão de entrar em campo com os jogadores do sub-23 no Baianão, o Vitória relacionou cinco jogadores do time principal para a partida. Quatro deles foram titulares: o atacante Ruan Levine, o volante Romisson, o goleiro Lucas Arcanjo e o meia Matheus Tenório. Rodrigo Carioca entrou no segundo tempo, no lugar de Tenório.

Fonte: Aratu On. Crédito da Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.