O adversário do Bahia na final da Copa do Nordeste é o Sampaio Corrêa, que na noite desta quinta-feira (28), no Estádio do Frasqueirão, em Natal, empatou com o ABC por 1 a 1. As finais estão programadas para o próximo dia 4 de julho, uma quinta-feira, às 21h45, no Estádio Castelão, em São Luís-MA. A decisão acontece dia 7 de julho, um sábado, às 17h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por meio do seu Diretor de Competições, Manoel Flores, informou também que o jogo do Sampaio Corrêa pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, contra o Juventude, foi remanejado do dia 8 de julho para o dia 17 de julho, uma terça-feira, às 20h30, no Estádio do Castelão, em São Luís. O time maranhense ainda joga pela 13ª rodada da Série B neste domingo (1), às 18h, no Estádio do Café, contra o Londrina.

Aos 34 minutos, Fernando Sobral, de pênalti, fez 1 a 0 para o Sampaio Corrêa. O jogo em Natal foi interrompido dois minutos depois: inconformados com a marcação da penalidade máxima pelo árbitro Péricles Bassols (Fifa-PE), alguns torcedores do ABC começaram a atirar objetos no campo do Frasqueirão e até um extintor de incêndio foi utilizado para gerar fumaça. Reiniciado o jogo, após 15 minutos de paralisação, o time potiguar empatou com Erivélton, aos 55 minutos. Emaxwell (ABC) e Wellington Rato (Sampaio Corrêa) foram expulsos, após uma falta desclassificante do primeiro, gerando uma confusão e nova paralisação.

Bahia empatou com o Ceará e carimbou a vaga na final.

Na última terça-feira, o Bahia empatou por 0 a 0 com o Ceará, na Arena Fonte Nova, e como havia derrotado o adversário por 1 a 0, no Castelão, garantiu a classificação para a decisão da competição. Chegou a 20 pontos, contra 17 do Sampaio Corrêa e, por isso, mandará a decisão na capital baiana. Campeão do ano passado, o Esquadrão vai lutar pelo bicampeonato e o quarto título do Nordestão, que tem o Vitória como maior vencedor com cinco títulos.

O Bahia foi campeão em 2001, 2002 e 2017. No ano passado, o artilheiro da Copa do Nordeste foi o meia tricolor Régis, com 6 gols. Este ano, a artilharia está com Yago (Vitória) e Arthur (Ceará), ambos com 5 gols. Com 4 gols estão Matheus Matias, do ABC, que foi para o Corinthians; Edigar Junio, do Bahia, recuperando-se de contusão, e Neto Baiano, do CRB, já eliminado da competição. Higor Leite, do ABC, e Uilliam, do Sampaio Corrêa, estão com 3 gols. Os tricolores Zé Rafael e Vinícius têm 2 gols.

Confira a trajetória do Bahia até chegar à final do Nordestão:

Primeira Fase
17/1 – Bahia  0x1 Botafogo/PB
30/1 – Altos/PI 0x1 Bahia
22/2 – Bahia 2×1 Náutico/PE
10/3 – Náutico/PE 1×0 Bahia
20/3 – Bahia 5×2 Altos/PI
29/3 – Botafogo/PB 0x2 Bahia

Quartas de final
26/4 – Botafogo/PB 1×2 Bahia
3/5 – Bahia 0x0 Botafogo/PB

Semifinais
21/6 – Ceará 0x1 Bahia
26/6 – Bahia 0x0 Ceará

Finais
4/7 – Sampaio Corrêa x Bahia
7/7 – Bahia x Sampaio Corrêa

Fonte: FBF. Fotos: Felipe Oliveira / ECBahia

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.